Quiénes somos Contacto Boletín Calendario Publicar
white themeblack themered themetheme help




printable version - email this article

Todos a Honduras! Zelaya está en la pátria!
by Laerte Braga Monday, Jul. 20, 2009 at 1:45 PM

ZELAYA ESTÁ EM HONDURAS EM DEFINITIVO - COMEÇA A GRANDE MARCHA PARA A RETOMADA DA DEMOCRACIA

ZELAYA ESTÁ EM HONDURAS EM DEFINITIVO - COMEÇA A GRANDE MARCHA PARA A RETOMADA DA DEMOCRACIA

Laerte Braga

O presidente constitucional de Honduras Manuel Zelaya está em território de seu país e em caráter definitivo. Até agora Zelaya tinha feito algumas incursões a regiões da fronteira onde falou por duas ou três vezes ao povo. Neste momento o presidente entrou em Honduras e vai permanecer.

A greve geral está afetando diversos setores da economia do país. São visíveis os sinais de descontrole dos golpistas. A repressão aumenta, mas já não há unanimidade entre os militares que depuseram o presidente há quase vinte dias.

Uma grande marcha com voluntários de diversos países principalmente da América Latina começa a dirigir-se a Tegucigalpa. Muitos norte-americanos de organizações pela democracia e direitos humanos estão se associando a marcha. Outros chegam de países da Comunidade Européia.

O presidente não pretende mais retirar-se do território de Honduras. Sua mulher e sua "filha" lideram mobilizações em vários pontos principalmente na capital.

As manifestações em toda Honduras estão provocando ondas de grande emoção no país. Levas de trabalhadores na cidade e no campo saem às ruas para manifestar seu apoio ao retorno do país à legalidade constitucional. O próprio Zelaya que entrou em Honduras às sete horas da manhã solicitou a este jornalista através de amigos comuns que corrigisse a informação - "é minha "filha" e não filho, que ao lado da minha mulher lidera manifestações por todos os cantos" -.

A política norte-americana de ganhar tempo através de negociações envolvendo o presidente da Costa Rica Oscar Árias e assim consolidar o golpe ou encontrar solução intermediária que favorecesse interesses dos EUA começa a fazer água. O presidente da Disneylândia Barak Obama, neste momento, está acuado dentro de seu próprio país, já que setores do complexo empresarial e militar querem manter a todo custo o governo golpista.

O clima em Honduras é de comoção nacional.

Todos os protestos são pacíficos. É importante manter a mobilização na rede mundial de computadores, que acaba forçando a mídia golpista (no Brasil, GLOBO, VEJA, FOLHA DE SÃO PAULO, ESTADO DE SÃO PAULO, ÉPOCA, RECORDE e todo o conjunto chamado grande mídia) a noticiar fatos próximos dos reais e diminuir o nível de distorções diante das realidades que começam a brotar de forma absoluta em Honduras.

Há protestos em frente à embaixada dos EUA. O embaixador norte-americano em Honduras é um dos principais suportes do golpe e ignora a posição oficial do presidente da Disneylândia, suposto ocupante da Casa Branca, Barak Obama.

Grupos de militares encarregados da repressão começam a questionar o papel das forças armadas hondurenhas a despeito da pressão dos comandantes golpistas e da presença de 500 soldados dos EUA que fornecem apoio logístico ao golpe.

A chegada de Zelaya cria um fato consumado e coloca os golpistas diante de um impasse. Falta-lhes, neste momento, forças morais para enfrentar a reação popular. E se o fizerem o custo em vida será dramático, ultrapassando qualquer limite de sanidade.

O presidente deposto disse que vai permanecer em Honduras até o restabelecimento do seu governo e repetiu que "não existem mudanças sociais sem luta".

À tarde novos comunicados da resistência serão divulgados dando conta das ações do movimento.

A professora Neuzah Cerveira, filha de uma dos assassinados pela ditadura militar de 1964, o major Joaquim Cerveira, acaba de distribuir o seguinte comunicado conclamando à marcha em Honduras.

Conclamo a todos os latino americanos a participarem da marcha pacífica que se dirige a Honduras para reconduzir Mel Zelaya a seu cargo legitimo, usurpado por narco traficantes

golpistas. A quadrilha de Pinochelletti. Com apoio dos EEUU.

Zelaya está em solo pátrio.

Companheiros, defender a democracia de Honduras é defender a democracia e a soberania de toda Latino America.

Todos a Honduras!

Bolivar nos acompanha,

Viva a PÁTRIA GRANDE y soberana!

Viva la dignidad del pueblo de HONDURAS!

ALERTA! ALERTA! QUE CAMIÑA LA ESPADA DE BOLIVAR POR AMÉRICA LATINA!

GOLPES EN NUESTRA AMÉRICA, NUNCA MÁS!

Com muito orgulho assino,

Profª Drª Neusah Cerveira (Nina) (periodista) -CCB - Brasil

Integrante do movimento brasileiro JUNTOS SOMOS FORTES!

Filha do desaparecido político da Operação Condor Joaquim Pires Cerveira

TODOS EM SILÊNCIO PARA DEVOLVER HONDURAS A SEU POVO!

LULA CONTAMOS COM SEU APOIO!

ADELANTE COMPAÑEROS!

VENCEREMOS!

add your comments


IMC Network:

© 2000-2008 Centro de Medios Independientes Valparaíso. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by the Centro de Medios Independientes Valparaíso. Running sf-active v0.9.2 Disclaimer | Privacy